Pastor e mulher acusados de sufocar filho recém-nascido em Caucaia vão a Júri Popular

1

Um caso chocante de homicídio e ocultação de cadáver está prestes a ser julgado pela justiça brasileira. Um pastor e uma mulher, acusados de matar o próprio filho recém-nascido, enfrentarão o tribunal popular no próximo dia 23 de abril. O crime hediondo ocorreu em novembro de 2021, no bairro Marechal Rondon, em Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, deixando a comunidade local atônita e revoltada.

O crime, que ocorreu em novembro de 2021, chocou a comunidade local e gerou indignação em toda a região. O bebê foi encontrado sem vida, e as investigações apontaram para a participação direta dos pais na sua morte, além da ocultação do cadáver.

O bairro Marechal Rondon, onde o crime aconteceu, foi palco de revolta e repúdio por parte dos moradores. A notícia da prisão do casal acusado gerou uma onda de indignação, culminando em protestos que resultaram na depredação e no saque da igreja liderada pelo pastor.

O caso

Conforme apurado pelas autoridades, um recém-nascido foi vítima de assassinato nas mãos de sua própria mãe, em um cenário de horror que envolveu golpes de garfo no pescoço, sufocamento e ocultação do corpo.

O bebê, nascido prematuramente em casa, com apenas oito meses de gestação, pesando um pouco mais de 3 quilogramas, foi submetido a uma série de atrocidades antes de ter seu corpo escondido dentro de um móvel em uma residência local. A mãe, cujo nome não foi divulgado pela polícia, teria tomado um abortivo, desencadeando o nascimento precoce da criança.

Além dos terríveis detalhes do crime, outro aspecto assombroso vem à tona: o suposto pai da criança, identificado como Antônio José, de 36 anos, foi implicado pelas autoridades por sua participação na ocultação do cadáver. Segundo informações da polícia, José teria colaborado para esconder o corpo na residência e, no dia seguinte ao crime, descartado o corpo do bebê em um bueiro no Bairro Marechal Rondon.

Jamile, então com 20 anos, estava envolvida em um relacionamento amoroso com Antônio José, lançando luz

1 comentário
  1. […] irmãs durante os cultos foi alvo de critica durante o sermão de um importante líder religioso. O pastor Elias Cardoso, presidente da Convenção Nacional das Igrejas Evangélicas Assembleia de Deus […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.