Sorriso chora a partida do Pastor Jeferson Dias por acidente de soda cáustica

0

A cidade de Sorriso amanheceu envolta em luto nesta quarta-feira, dia 21 de fevereiro, ao receber a triste notícia do falecimento do querido Pastor Jeferson Dias, aos 60 anos de idade. O líder religioso veio a óbito na tarde de terça-feira, dia 20 de fevereiro, em Cuiabá, onde estava internado na UTI do Hospital Municipal, após ser transferido do Hospital Regional de Sorriso.

O Pastor Jeferson Dias enfrentou uma dolorosa batalha desde a última sexta-feira, dia 16 de junho, quando sofreu graves queimaduras durante o exercício de suas atividades. Enquanto desempenhava suas funções em uma empresa de processamento de soja, foi exposto a soda cáustica, substância que lhe causou ferimentos sérios. Prontamente socorrido por um funcionário da empresa, foi encaminhado ao Hospital Regional de Sorriso, envolto em papel alumínio devido à gravidade das queimaduras.

Desde então, Jeferson travou uma luta incansável pela vida. No entanto, lamentavelmente, não resistiu às complicações decorrentes das lesões. Seu legado de amor, fé e dedicação ao próximo permanece como um farol de inspiração para todos.

O velório do Pastor Jeferson Dias será realizado a partir das 09:00h desta quarta-feira na Capela atrás do Hospital Regional, um espaço que testemunhou tantas preces e momentos de conforto por ele proporcionados.

Morador do Jardim Carolina, Jeferson deixa para trás sua esposa, três filhos e uma comunidade inteira enlutada. Sua partida deixa uma profunda tristeza em Sorriso, onde era conhecido e querido por muitos. Seu exemplo de dedicação e compaixão permanecerá vivo nos corações daqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo. Que sua alma descanse em paz.

Alerta para os Perigos e Complicações

No início do ano passado, um trágico incidente chocou a cidade de Guarujá, no litoral de São Paulo, quando um adolescente de apenas 16 anos perdeu a vida após ingerir soda cáustica, confundindo-a com água, em um estabelecimento comercial. O caso, além de gerar comoção na comunidade, ressalta os perigos graves associados ao manuseio impróprio de substâncias químicas.

Em entrevista à época, o médico Sergio explicou as consequências severas que a ingestão de soda cáustica pode acarretar. Ele destacou que essa substância geralmente causa uma lesão hiperaguda, levando a uma série de complicações que podem ser fatais. O médico ressaltou que, embora os doentes não morram nas primeiras horas após a ingestão, as complicações tardias podem se desenvolver ao longo dos dias, devido à deterioração progressiva do organismo.

“Soda cáustica vai deteriorando o organismo”, afirmou o médico, explicando que as complicações tardias estão frequentemente associadas à incapacidade do paciente de se alimentar adequadamente, o que compromete o estado nutricional e leva ao falência de órgãos. Ele enfatizou que a quantidade ingerida da substância é determinante para o grau da lesão, que tende a se concentrar principalmente no esôfago.

Quando a ingestão é mínima, o paciente pode apresentar apenas irritação discreta ou um edema na região afetada. No entanto, casos mais graves, como o do adolescente em Guarujá, demonstram o potencial letal desse tipo de acidente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.