Escândalos e Polêmicas Marcam Pregação do Pastor e Cantor Gospel Samuel Mariano na ADECEP

1

Na última semana, a ADECEP – Assembleia de Deus Central de Piabetá – recebeu um dos nomes mais conhecidos do cenário evangélico brasileiro, o pastor Samuel Mariano. Além de líder religioso, Mariano alcançou grande notoriedade como cantor gospel. Porém, sua presença na celebração dos 10 anos da instituição foi marcada por uma série de polêmicas e controvérsias.

Durante sua pregação, o pastor não abordou detalhes sobre os escândalos que abalaram sua reputação nos anos de 2018 e 2022, mas não passou despercebido o impacto que tais incidentes causaram em sua trajetória. Em 2018, imagens explícitas vazaram, mostrando o pastor em momentos íntimos e comprometedores. Já em 2022, conversas de teor sexual vieram à tona, envolvendo uma diaconisa da igreja que ele pastoreava, mesmo ela sendo casada.

Diante das acusações de adultério e do vazamento de conteúdo íntimo, Samuel Mariano optou por uma resposta enigmática, sugerindo que tais acontecimentos estavam predestinados, como se fossem parte de uma “profecia” que se concretizava. Em suas palavras, ele mencionou que as acusações seriam como um “vento que ia soprar”.

O líder da Assembleia de Deus Madureira em João Pessoa também fez uma declaração durante sua pregação, sugerindo que Deus iria purificar sua igreja, retirando aqueles que o seguiam apenas como fãs, deixando somente as “ovelhas” verdadeiras.

Vale ressaltar que após o escândalo envolvendo a suposta relação extraconjugal com Monalisa Feitosa, a diaconisa, muitos membros da igreja que ele pastoreava deixaram a instituição, abalados pela controvérsia e decepcionados com seu líder espiritual.

Em um momento de alta tensão e fragilidade em sua carreira eclesiástica, Samuel Mariano tentou alçar novos voos na esfera política, candidatando-se a uma vaga como deputado federal. Contudo, seus esforços nesse campo também não foram bem-sucedidos, resultando em mais um revés em sua jornada pública.

https://www.youtube.com/watch?v=yzWymxjcdOM&feature=youtu.be

1 comentário
  1. […] O que era uma união aparentemente inabalável, caracterizada por décadas de parceria ministerial, agora está em ruínas. Os fiéis que frequentam o IPTM mal podem conter suas murmurações, enquanto a especulação cresce em torno do silêncio ensurdecedor do pastor sobre sua vida conjugal. […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.