Pastor Yossef Akiva abandona rede social após ex esposa virar atriz pornô

Entre idas e vindas no relacionamento, o pastor Yossef Akiva segue a vida sozinho no ministério ainda que tenha dado uma baqueada logo após a separação. A pastora Ana Akiva resolveu seguir o oposto. Abriu uma conta no OnlyFans e vende conteúdo adulto e se prepara para ser atriz pornô.

Yossef continua fazendo pregações, mas abandonou as redes socias, após comentários dos fiéis. Sua última postagem na conta do instagram ja fez aniversário de um ano. As únicas movimentações são na conta do Youtube, onde divulga suas pregações.

Já nas redes de Ana Akiva, as postagens são constantes, seja no feed ou nos stories da conta do instagram, divulgado seus conteúdos e o site adulto.

Hoje aos 36 anos, Ana ganha a vida realizando online a fantasia de alguns usuários. Conforme contou a alguns portais, muitos chegam até ela com o fetiche dela ser a “pastora safadinha”. com isso , ela chega a ganhar cerca de R$ 40 mil reais por mês.

Não se sabe ainda se o motivo do afastamento de Yossef foi “vergonha” da ex-esposa foi apenas o Onlyfans ou a junção com filme pornô que vai estrear. Ainda não há informações se já esta em fase de gravação. Mas já foi noticiado que Ana Akiva assinou  um contrato de R$ 400 mil para gravar um filme adulto nos Estados Unidos.

O convite para se tornar a popstar em uma indústria pornô aconteceu após Ana Akiva ser entrevistada entrevista pelo NY Post, importante tabloide americano expondo as mudanças radicais em sua vida. A produção será toda nos Estados Unidos. Ana exigiu de que o filme seja comercializado com um nome artístico que ainda não foi divulgado, para evitar a associação como o nome de casamento. Além disso, o filme pornô não será comercializado para os brasileiros.

A mudança radical, conforme observa os internautas, pode ter sido a pressão que sofreu no casamento, conforme contou na entrevista.

“Ele me proibia de trabalhar fora e ter amizades. Vivia pela família e pela igreja. É difícil ser feliz ao lado de alguém que controla sua vida e que nunca te coloca para cima, que te chama de lixo, cospe na sua cara, muitas mulheres passam por isso dentro da igreja e sofrem caladas assim como eu”(…) A igreja é um lugar seguro para o abusador, pois ali ele pode colocar seu plano em prática usando a palavra de Deus. Alguns versículos falam de submissão, obediência e silêncio. Sofri muito tempo, perdoando todos os abusos porque entendia que era minha obrigação‘, disse ela.

Comentários estão fechados.